FECHAR
FECHAR
31 de março de 2017
Voltar
Pás Carregadeiras

Pesos-pesados em ação

Fabricantes utilizam diferentes definições para o que seja de “grande porte” nesta família, porém todas incluem características indeléveis para trabalhos em mineração
Por Evanildo da Silveira

A mineração é uma atividade na qual se trabalha com operações de grande escala, que incluem a necessidade de carregar e transportar materiais de diferentes formas, tamanhos e densidades, num ambiente de altas temperaturas, quantidades exorbitantes de sólidos em suspensão e objetos diversos sobre o solo. Disso decorre a necessidade de se contar com equipamentos robustos, com grande resistência e capacidade de carga para movimentar os volumes explorados e viabilizar economicamente a atividade. Dentre essas máquinas estão as pás carregadeiras de grande porte, com peso operacional acima de 20 t, caçambas de 3 m³ ou mais e capacidade de carga superior a 6 t.

Na verdade, nesta família de equipamentos as configurações do que é considerado grande porte variam de fabricante para fabricante. No caso da Case CE, por exemplo, as especificações dos modelos fabricados iniciam com 250 hp de potência líquida de motor e 24 toneladas de peso operacional. “No Brasil, disponibilizamos o modelo 1021F nesta configuração”, diz Pablo Sales, especialista em pás carregadeiras da empresa. “É uma máquina com potência máxima líquida de 296 hp (221 kw), peso operacional de 24,3 t, caçamba padrão de 4,1 m³ e carga de operação 7,9 t.”

Para a Liebherr, por sua vez, são consideradas de grande porte as máquinas com caçamba padrão acima de 3,2 m³. “Dessa forma, no Brasil são classificados como grande porte modelos a partir da série L556, que tem caçamba padrão de 3,5 m³ e carga de tombamento de 17,6 t”, explica Pedro Gaspar, gerente de produto de pás carregadeiras da Liebherr Brasil. “Além desse, fabricamos outro modelo de grande porte no país, a L580, com caçamba padrão de 5 m³ e 18 t de carga de tombamento”.

No caso da Volvo CE, os modelos que se enquadram na categoria são aqueles com potência igual ou superior a 300 hp, peso operacional de 25 t e caçamba de 3,4 m³. “Temos cinco modelos de pás carregadeiras de grande porte: E150H, 1180H, 220H, 250H e 350F”, informa Boris Sanchez, gerente de aplicações da empresa. “Desses, o último modelo é o de maior potência, com 540 hp, e caçamba de 6,4 m3.”

Para aumentar ainda mais a cizânia conceitual, a New Holland utiliza uma definição ligeiramente diferente. “Nas pás, grande porte inclui equipamentos com potência bruta acima de 227 hp, peso operacional acima de 20 t e capacidade de carga superior a 6 t”, explica Ésio Dinis, especialista de marketing de produto da empresa. “Nessa categoria, temos em nosso portfólio as máquinas W230D, W270D, W300C.”