FECHAR
FECHAR
15 de novembro de 2018
Voltar
Entrevista

PAULO HENRIQUE C. BRUNO

“É preciso quebrar paradigmas”
Por Marcelo Januário (Editor)

Com mais de uma década de atuação na indústria de equipamentos pesados, o gerente de vendas da Dynapac do Brasil, Paulo Henrique Caetano Bruno, começou sua carreira profissional com uma rápida passagem pela Scania, atuando posteriormente nas áreas de papel e celulose e comércio exterior, até ingressar na Dynapac, em 2006, inicialmente como engenheiro de vendas. Durante o período em que a empresa foi controlada pela Atlas Copco, entre 2007 e 2017, Bruno foi gerente de produto e de linha de negócios, sempre com foco na área comercial, até assumir o cargo atual, no qual é responsável por gerenciar a estratégia comercial da marca sueca – agora controlada pelo Grupo Fayat – em território brasileiro.

Graduado em engenharia mecânica pela FEI (Fundação Instituto de Administração), com MBA em administração pela Fundação Instituto de Administração (FIA) e em gestão de negócios e marketing pela Fundação Getulio Vargas (FGV), o executivo teve seu destacado desempenho reconhecido pela empresa ao ser escalado para replicar a expertise brasileira com redistribuição na China, onde permanecerá por seis meses mostrando como gerenciar o comércio de máquinas pesadas em um território continental.

Prestes a embarcar, o executivo concedeu esta entrevista exclusiva à Revista M&T, na qual explica as diretrizes de convivência multimarcas definidas pelo Grupo Fayat após a aquisição da Dynapac, que neste ano completou 60 anos no Brasil, além de discorrer sobre mercado, tecnologia, segurança, capacitação e outros assuntos.

 

Grupo Fayat definiu as regras de atuação multi-brand, diz Bueno

“Praticamente toda a minha carreira se desenvolveu dentro da Dynapac”, diz ele. “Não é comum uma pessoa ficar muito tempo na mesma empresa, mas tive a sorte – e a competência – de ir galgando postos.” A seguir, acompanhe os principais trechos.

  • Como a empresa está estruturada atualmente?

A estrutura inclui uma fábrica em Sorocaba (SP), que produz uma variedade de rolos compactadores – na verdade, o maior range de produtos com fabricação local do mercado –, e um centro de distribuição de peças, que antes era ligado à fábrica, mas foi separado para ganhar foco. Atualmente, a área comercial conta com um gerente geral, um gerente nacional de vendas e um gerente de vendas para a América Latina.