FECHAR
FECHAR
29 de abril de 2010
Voltar
Editorial

O impacto da M&T Expo no mercado de equipamentos

Um acontecimento para fi car na história do setor. Assim pode ser definida a primeira semana de junho, quando o Centro de Exposições Imigrantes, em São Paulo, abrigou a M&T Expo 2009 e serviu de palco para a maior feira de equipamentos para construção e mineração já realizada na América Latina. Reunindo 436 expositores, dos quais 205 internacionais sem operações no Brasil, o evento apresentou aos visitantes uma diversidade de marcas e modelos jamais vista anteriormente. Como resultado, atraiu um público de 41.372 pessoas.

Para praticamente quase todo tipo de demanda, os visitantes conheceram uma variedade de ofertas que elevou definitivamente os mercados brasileiro e latino-americano a uma projeção ímpar no contexto internacional. Dos equipamentos de movimentação de solos de grande porte às máquinas compactas, dos guindastes comandados por controle remoto às soluções para a maior sustentabilidade no canteiro ou na mina, os profi ssionais do setor puderam travar contato com o que há de novo e moderno em tecnologia de equipamentos. Com a vantagem de que não precisaram sair do continente para ter essa experiência.

Esta edição da revista M&T traz reportagens sobre a feira e os lançamentos apresentados pelos expositores, muitos deles em âmbito mundial. Traz ainda uma cobertura sobre o ciclo de palestras e debates do Elacom 2009 (2º Encontro Latino-Americano da Construção e Mineração), evento realizado paralelamente à feira, bem como uma análise do impacto positivo da M&T Expo 2009 no mercado brasileiro de equipamentos. Não é pouco se tomarmos as projeções de que a feira deverá alavancar R$ 1 bilhão em vendas até o fim deste ano, o equivalente a 10% dos negócios realizados anualmente no setor.

Para quem foi à M&T Expo 2009, esta edição é uma oportunidade de resgatar informações que eventualmente passaram despercebidas durante a visita. Para quem não foi, ela ajuda a conhecer as novidades apresentadas na feira.