FECHAR
FECHAR
10 de fevereiro de 2012
Voltar
M&T Expo 2012

Novos competidores se apresentam ao mercado

Buscando novos mercados, fabricantes como a John Deere, LBX e Kobelco participam pela primeira vez da M&T Expo, que exibirá mais de mil marcas e deve receber 45 mil visitantes
Por Marcelo Januário (Editor)

Quatro meses antes de abrir suas portar para os visitantes, a M&T Expo 2012 – 8ª Feira Internacional de Equipamentos para Construção já movimenta o mercado. Consolidada como o local indicado para empresas que desejam fazer negócios no cada vez mais atraente mercado latino-americano, a maior feira de equipamentos para construção e mineração da região já vendeu todos os espaços para expositores.

Além de reunir praticamente todos os principais fabricantes com atuação no país e América Latina, o evento também serve de vitrine para novas marcas que desejam ingressar no mercado. É o caso das norteamericanas LBX e John Deere e da japonesa Kobelco, entre outras, que aproveitarão a M&T Expo para apresentar suas marcas já consolidadas no mercado internacional aos usuários brasileiros.

O interesse de empresas já estabelecidas no mercado e de novos competidores se justifica. Afinal, em sua última edição a M&T Expo gerou um volume de negócios da ordem de R$ 3 bilhões desde a realização da feira, em 2009, até a próxima mostra. As expectativas da Sobratema, organizadora do evento, são de que ele receba 45 mil visitantes dos setores de construção e mineração, que deverão percorrer os corredores do Centro de Exposições Imigrantes, em São Paulo, entre os dias 29 de maio e 2 de junho, atraídos pelas inovações apresentadas pelas cerca de 480 empresas expositoras e mais de 1.000 marcas, em nada menos do que 66 mil m2 de área de exibição.

Apesar de representar uma novidade para os usuários brasileiros, algumas das novas marcas expostas na feira já são centenárias e bem conhecidas no mercado internacional. A LBX Company, por exemplo, empresa norteamericana pertencente ao grupo Sumitomo, chega ao país para disputar o mercado de escavadeiras hidráulicas com sua linha de equipamentos Link-Belt, tradicional marca que remonta ao longínquo ano de 1874.

Em 2011, a empresa instalou uma filial no país e a expectativa é iniciar a venda dos equipamentos a partir deste ano, atingindo a marca de mais de 500 unidades negociadas até 2015. Para isso, a LBX quer aproveitar a visibilidade que a M&T Expo oferece para se apresentar aos clientes locais. Ela contará com dois estandes na feira, sendo um interno, com 737 m2 de área, e outro externo com 56 m2.

“Estamos ansiosos em participar pela primeira vez da M&T Expo”, diz Amy Lindon Maddox, gerente de comunicação corporativa


Quatro meses antes de abrir suas portar para os visitantes, a M&T Expo 2012 – 8ª Feira Internacional de Equipamentos para Construção já movimenta o mercado. Consolidada como o local indicado para empresas que desejam fazer negócios no cada vez mais atraente mercado latino-americano, a maior feira de equipamentos para construção e mineração da região já vendeu todos os espaços para expositores.

Além de reunir praticamente todos os principais fabricantes com atuação no país e América Latina, o evento também serve de vitrine para novas marcas que desejam ingressar no mercado. É o caso das norteamericanas LBX e John Deere e da japonesa Kobelco, entre outras, que aproveitarão a M&T Expo para apresentar suas marcas já consolidadas no mercado internacional aos usuários brasileiros.

O interesse de empresas já estabelecidas no mercado e de novos competidores se justifica. Afinal, em sua última edição a M&T Expo gerou um volume de negócios da ordem de R$ 3 bilhões desde a realização da feira, em 2009, até a próxima mostra. As expectativas da Sobratema, organizadora do evento, são de que ele receba 45 mil visitantes dos setores de construção e mineração, que deverão percorrer os corredores do Centro de Exposições Imigrantes, em São Paulo, entre os dias 29 de maio e 2 de junho, atraídos pelas inovações apresentadas pelas cerca de 480 empresas expositoras e mais de 1.000 marcas, em nada menos do que 66 mil m2 de área de exibição.

Apesar de representar uma novidade para os usuários brasileiros, algumas das novas marcas expostas na feira já são centenárias e bem conhecidas no mercado internacional. A LBX Company, por exemplo, empresa norteamericana pertencente ao grupo Sumitomo, chega ao país para disputar o mercado de escavadeiras hidráulicas com sua linha de equipamentos Link-Belt, tradicional marca que remonta ao longínquo ano de 1874.

Em 2011, a empresa instalou uma filial no país e a expectativa é iniciar a venda dos equipamentos a partir deste ano, atingindo a marca de mais de 500 unidades negociadas até 2015. Para isso, a LBX quer aproveitar a visibilidade que a M&T Expo oferece para se apresentar aos clientes locais. Ela contará com dois estandes na feira, sendo um interno, com 737 m2 de área, e outro externo com 56 m2.

“Estamos ansiosos em participar pela primeira vez da M&T Expo”, diz Amy Lindon Maddox, gerente de comunicação corporativa da LBX. “Nossa intenção é colocar nossos representantes de vendas em contato direto com potenciais clientes, assim como apresentar nossa marca de escavadeiras ao mercado brasileiro.”

Para isso, a LBX trará ao país diversos produtos das classes de oito a 80 t de peso operacional, como as escavadeiras 225 Spin Ace (com raio de giro reduzido, que permite sua utilização em espaços exíguos), 350 X2’s, 210 X2’s e 130 X2, que estarão disponíveis ao público na área externa para test drive. “Com mais de 160 anos de tradição, poderemos mostrar ao consumidor brasileiro e latinoamericano que as escavadeiras Link Belt chegam ao Brasil como um produto prime, com toda a garantia de um efetivo suporte pós-venda”, completa Jair Rosa, gerente geral da LBX Brasil.

Fábrica da Deere

Outro peso pesado que mira o mercado latinoamericano é a também norteamericana John Deere, que tem um histórico de liderança no setor e com atuação há 174 anos. Conhecida no país pela sua linha de máquinas agrícolas, a empresa anunciou, em outubro passado, a entrada no mercado brasileiro de equipamentos para construção com a instalação de duas fábricas, que devem iniciar as operações até o final de 2013.

De olho na crescente demanda do mercado brasileiro e de outros países da América do Sul, a empresa investirá diretamente US$ 124 milhões, de um total de US$ 180 milhões previstos na operação. As duas fábricas serão construídas em Indaiatuba (SP), sendo que uma delas, exclusiva da Deere, será destinada à produção de retroescavadeiras e pás carregadeiras.

A outra unidade industrial será dedicada à produção de escavadeiras hidráulicas, em uma parceria com a Hitachi, assim como as duas empresas já atuam nos Estados Unidos. Segundo a Deere, a linha de produtos fabricada no Brasil será complementada por importações de outros modelos. A empresa também pretende estabelecer uma rede de distribuição para oferecer serviços de peças e assistência técnica aos clientes com estrutura similar àquela que já é mantida há décadas no país pelas concessionárias de equipamentos agrícolas da marca.

“Queremos aproveitar a excelente vitrine que é a M&T Expo para apresentar nossa linha de equipamentos para construção em primeira mão ao público sulamericano”, afirma Emilio Sabetta, responsável pela área florestal da Deere. “Nosso objetivo é mostrar a força e a tradição da empresa, que é uma referência há quase dois séculos no segmento de máquinas agrícolas e também está preparada para atender os mercados emergentes do hemisfério Sul na área de construção.”

Quem também estreia na próxima edição da M&T Expo é a Kobelco, que vem atuando no mercado brasileiro de guindastes treliçados sobre esteiras por meio da Rimac, especializada na representação de equipamentos de movimentação de cargas para operações portárias, em siderúrgicas, estaleiros e transportes especiais. Com a oferta de oito diferentes modelos, com capacidades de operação entre 80 ton e 600 ton, a empresa espera comercializar ao menos 20 unidade este ano.

Para isto, a Rimac aumentou sua estrutura operacional e preparou uma ação comercial específica para fazer frente à forte demanda pelos equipamentos. Segundo Richard Reinhardt, gerente geral da distribuidora, a participação na M&T Expo é uma parte importante dessa estratégia, a ponto de a empresa trazer para exposição o recém-lançado modelo CKS 1100. “Além da participação da nossa equipe, receberemos o pessoal da fábrica da Kobelco em nosso estande, onde apresentaremos aos clientes as mais recentes inovações no segmento de guindastes”, ele conclui.

 

Mais materias sobre esse tema