FECHAR
FECHAR
08 de abril de 2010
Voltar
Notas

Locadoras apostam em guindaste telescópico sobre esteiras

A tendência mundial de uso de guindastes telescópicos sobre esteiras começa a se difundir no Brasil por meio de duas locadoras desse setor. As empresas em questão são a Real Guindastes, de Belo Horizonte (MG), e a Guindastes Tatuapé, de São Paulo (SP), que adquiriram uma unidade cada do modelo Liebherr LTR 100, com capacidade para 100 t de carga.

Para Daniel Ferraz, proprietário da Real Guindastes, o modelo se destaca por reunir as vantagens do guindaste telescópico com as de um modelo sobre esteiras. “O guindaste telescópico oferece menores períodos de configuração, além de ser mais fácil de transportar e de apresentar alta variabilidade no sistema de lança”, diz ele. Os modelos com mecanismo de translação sobre esteiras, por sua vez, possibilitam boa mobilidade e manobrabilidade em todos os terrenos, conforme ressalta o especialista. Além disso, eles permitem que a carga seja deslocada com precisão junto com o guindaste.

Daniel Ferraz vislumbra a utilização do equipamento em obras de longa duração, para o içamento de cargas pequenas a médias. Ele também encontra aplicação em mineradoras, onde seu chassi sobre esteiras pode representar uma vantagem nos deslocamentos em terrenos irregulares.

Segundo a Liebherr, o modelo também se destina à montagem de galpões industriais, aplicação para a qual, aliás, foi concebido. “Com um jib de montagem de 2,9 m de comprimento e o guincho auxiliar, as operações com dois ganchos tornam-se possíveis”, afirma um comunicado da empresa. Com isso, as cargas podem ser içadas desde a carreta transportadora, giradas para a posição correta e transportadas pelo guindaste sobre esteiras até o local de montagem.

Equipado com lança telescópica de 52 m de comprimento, que pode ser estendida de forma totalmente automática até o comprimento desejado, o LTR 1100 permite seu prolongamento por um jib dobrável de 10,8 m – 19 m. Adicionalmente, ele oferece dois elementos treliçados de 7 m cada, que são instalados entre a lança telescópica e o jib dobrável para elevar o ponto de pivotamento deste último, que pode ser montado em ângulo de até 40°. O guindaste também permite telescopar a lança com carga no gancho, o que não é possível realizar com lanças treliçadas.

Nas operações do guindaste, os trucks da esteira são telescopados hidraulicamente até uma largura de 5,05 m. Além disso, dois blocos de 7,5 t cada são engatados na parte central da esteira como lastro, totalizando um máximo de 32 t de lastro na plataforma giratória.