FECHAR
FECHAR
16 de dezembro de 2016
Voltar
M&T Momento Peças e Serviços

Fator estratégico para o sucesso

Prioritário para os fabricantes de equipamentos, pós-venda ganha força com uma potencial retomada dos negócios, em que a manutenção das frotas será ponto central

E um efeito, pode-se dizer, positivo da crise, os fabricantes viram-se forçados a realizar ajustes internos, reavalindo processos e diminuindo custos para manutenção da rentabilidade no negócio. E, ao mesmo tempo, reorganizaram-se para chegar com força em um muito aguardado momento de retomada, que deve ter início já em 2017, com expectativa de – como o leitor confere em primeira mão no tema de capa desta edição – um crescimento de 7,7% na venda de equipamentos.

Uma das áreas que passaram por essa necessária reavaliação, o pós-venda ganhou ainda mais importância nas estratégias das empresas, uma vez que – por ser o principal canal de relacionamento com o cliente – é decisivo não só para a escolha e aquisição de um equipamento, mas também para a sua disponibilidade. “A prestação de serviços deve ser vista como a chave para garantir o sucesso de qualquer empresa”, analisa Walter Rauen, CEO da Bomag Marini Latin America. “Afinal, cada vez mais os clientes tendem a optar por qualidade, buscando o melhor custo-benefício com peças homologadas e garantia de fábrica, que não tragam prejuízos à produção.”

A experiência de muitas empresas comprova isso. Por exemplo, a LiuGong, que vem ampliando seu estoque de peças no país confiante de que o pós-venda é a ponte principal que liga fabricante, distribuidor e clientes. “Um excelente suporte estabelece uma relação de confiança ao dar ao cliente uma sensação de assertividade no uso das máquinas”, comenta Tony Zhang, executivo da área de pós-venda da LiuGong Latin America. “E ser confiável é o indicador mais importante para a competitividade de qualquer empresa.”

Também para Alexandre Leite, gerente de negócios da Atlas Copco, o atendimento bem estruturado é um fator essencial para o sucesso. “Com um bom produto, você se torna competitivo por alguns anos; mas com um pós-venda de alto nível, será competitivo sempre”, enfatiza. “No entanto, para que isso aconteça, é necessário suprir demandas acima da média, inclusive emergenciais.”

FOCO

A BMC-Hyundai é outra fabricante que vem trabalhando com a qualificação de suas equipes, adequando-se ao novo conceito de mercado no qual o foco torna-se a disponibilidade do equipamento aliada a um baixo custo de manutenção. “O pós-venda é a área que mantém o bom relacionamento com o cliente”, diz Felipe Augusto Caetano, gerente nacional de pós-venda da fabricante, que recentemente realizou uma revisão nos preços de peças, na qual mais de 50% dos itens de estoque tiveram redução. “Manter os preços baixos e a alta eficiência resulta em maior disponibilidade mecânica dos equipamentos e, consequentemente, em novos negócios.”

Produção editorial: Revista M&T – Desenvolvido e atualizado por Diagrama Marketing Editoral