FECHAR
28 de dezembro de 2015
Voltar
Conexpo Latin America / Encontro latino

É o caso do modelo EC750DL, a escavadeira de maior capacidade da Volvo CE. Com peso operacional de 72,7 toneladas, a máquina é voltada para escavação massiva, abertura de valas, desagregação de paredes rochosas, carregamento em mineração e outras aplicações. Dentre os aprimoramentos em relação ao modelo anterior, destacam-se ganhos na capacidade da caçamba (10% superior, com 4,5 m³), força de tração (+6%), potência do motor (+11%) e potência hidráulica (+10%). Isso contribui para um aumento de 3% na vazão hidráulica, garantindo maior velocidade nos ciclos e também um ganho de 9% na força de escavação, garante a fabricante. Com este lançamento, que teve a companhia de duas novas escavadeiras sobre rodas, a marca reforça o foco no mercado latino-americano. “Considerando apenas a área hispânica, obtivemos um avanço significativo de 5,5% para 5,9%”, destacou Afrânio Chueire, presidente da Volvo CE Latin America, referindo-se a dados recentes da AEM sobre o mercado do Cone Sul.

Controlada pela Volvo CE, com quem divide estratégias de dual brand, a SDLG também reservou novidades. A principal foi o compactador de solo de grande porte RS7120, que marca a estreia no segmento latino-americano de construção de estradas. Trata-se de um equipamento com 12 t de peso operacional e que, segundo a empresa, proporciona elevada capacidade de compactação, graças à combinação do peso do tambor com força centrífuga. Com dupla amplitude do sistema de vibração, o equipamento também apresenta uma junta que permite 35° de articulação e 12° de oscilação. Ao lado de uma escavadeira de esteiras de 30 t, o compactador está disponível apenas para os países hispano-americanos e chega para representar um passo à frente da companhia na região. “É muito importante entender que tipo de segmentos nós estamos atendendo”, enfatizou Enrique Ramirez, diretor da SDLG Latin America. “Isso tem nos possibilitado construir um portfólio multilinha, com uma frota expressiva que já chega a mais de 4 mil máquinas.”

Quem também lançou equipamentos foi a LiuGong, que exibiu três linhas de seus produtos Premium, além de divulgar a marca Dressta. Prevista para chegar em breve ao Brasil, a nova versão da pá carregadeira 856H Tier III foi apresentada como um verdadeiro marco na linha, pois traz um salto evolutivo que promete acréscimo de 6% no desempenho e de 12% na economia de combustível. Para tanto, em relação à geração anterior o novo modelo também é maior (8,1 x 3,4 m), mais pesado (17,2 t) e apresenta ganhos na força de desagregação (175 kN), no alcance de despejo (1,1 m) e no entre-eixos (3,3 m). “Essa nova geração oferece capacidade operacional equivalente a qualquer marca tradicional do mercado”, ressaltou Bruno Barsanti, vice-presidente da LiuGong Latin America. “É um produto pronto para brigar com qualquer concorrência, com a vantagem de oferecer maior simplicidade na manutenção e na aquisição de componentes.”