FECHAR
FECHAR
24 de fevereiro de 2011
Voltar
Espaço Aberto

Compressor portátil para serviços especiais

Acionados por propulsão elétrica, os compressores de ar portáteis da série E75 proporcionam uma operação silenciosa e com baixo índice de manutenção. Eles foram lançados recentemente pela indiana Elgi, para proporcionar baixo custo operacional aos serviços realizados em locais sem energia elétrica ou com restrições à emissão de gases, e já estão disponíveis no país por meio da distribuidora Ar Brasil.

Os novos compressores, do tipo parafuso, são indicados não somente para as aplicações de pressão padronizadas, tais como freios potentes e ferramentas para conservação de estradas. Eles também podem ser utilizados em serviços especializados como sand blasting (jato de areia sob pressão), martelo de perfuração, pigging (passagem do PIG pela tubulação para verificação de falhas ou limpeza) e instalação de fibra ótica por sopro. Estão disponíveis em três modelos com pressões de funcionamento de 7, 9,5 e 10 bar.

Segundo o distribuidor, os compressores da linha E75 se destacam pela robustez e facilidade de manobra em locais com pouco espaço. Eles operam em todas as condições de temperatura e ambientes com poeira, situações típicas de um canteiro de obras. Como diferenciais, contam com chassi de altura ajustável e freios de estacionamento que suportam até 2.500 kg em declive, além de seu projeto que os torna à prova de vazamento de óleo.

www.arbrasilcompressores.com.br


Acionados por propulsão elétrica, os compressores de ar portáteis da série E75 proporcionam uma operação silenciosa e com baixo índice de manutenção. Eles foram lançados recentemente pela indiana Elgi, para proporcionar baixo custo operacional aos serviços realizados em locais sem energia elétrica ou com restrições à emissão de gases, e já estão disponíveis no país por meio da distribuidora Ar Brasil.

Os novos compressores, do tipo parafuso, são indicados não somente para as aplicações de pressão padronizadas, tais como freios potentes e ferramentas para conservação de estradas. Eles também podem ser utilizados em serviços especializados como sand blasting (jato de areia sob pressão), martelo de perfuração, pigging (passagem do PIG pela tubulação para verificação de falhas ou limpeza) e instalação de fibra ótica por sopro. Estão disponíveis em três modelos com pressões de funcionamento de 7, 9,5 e 10 bar.

Segundo o distribuidor, os compressores da linha E75 se destacam pela robustez e facilidade de manobra em locais com pouco espaço. Eles operam em todas as condições de temperatura e ambientes com poeira, situações típicas de um canteiro de obras. Como diferenciais, contam com chassi de altura ajustável e freios de estacionamento que suportam até 2.500 kg em declive, além de seu projeto que os torna à prova de vazamento de óleo.

www.arbrasilcompressores.com.br