FECHAR
FECHAR
20 de dezembro de 2011
Voltar
Espaço Aberto

Case apresenta nova linha de minicarregadeiras

A fabricante de equipamentos renovou a linha de skid steers com sete novos modelos, sendo dois de levantamento vertical e cinco de levantamento radial. Segundo a companhia, os lançamentos visam reposicionar a marca no segmento de minicarregadeiras e vão substituir a série antiga da marca, que contava com 4 modelos. “Essas máquinas são ideais para trabalhos em pequenos espaços e áreas congestionadas”, diz Edmar de Paula, gerente de marketing do produto da Case. “Entre as suas principais aplicações está o transporte, o carregamento, a elevação e a desagregação de materiais”, acrescenta ele. A nova linha também conta com um sistema de seleção facilitada dos equipamentos através da nomenclatura. Os modelos que tiverem as iniciais SV possuem levantamento vertical e os com iniciais SR realizam levantamento radial. A numeração, por sua vez, indica a capacidade de carga em libras – que varia de 590 kg a 1.360 kg – a exemplo do modelo SV200. A linha será equipada com motores de até 84 Hp de potência líquida, além de uma cabine fechada, vedada contra poeira e ruídos, e que é 25% maior em relação aos modelos anteriores. Os equipamentos também contarão com um sistema de acoplamento rápido de ferramentas, permitindo uma troca em até 30 segundos, comandada do interior da cabine. A venda de ferramentas e outras aplicações adicionais poderão ser adquiridas nos concessionários da Case Construction.

 


A fabricante de equipamentos renovou a linha de skid steers com sete novos modelos, sendo dois de levantamento vertical e cinco de levantamento radial. Segundo a companhia, os lançamentos visam reposicionar a marca no segmento de minicarregadeiras e vão substituir a série antiga da marca, que contava com 4 modelos. “Essas máquinas são ideais para trabalhos em pequenos espaços e áreas congestionadas”, diz Edmar de Paula, gerente de marketing do produto da Case. “Entre as suas principais aplicações está o transporte, o carregamento, a elevação e a desagregação de materiais”, acrescenta ele. A nova linha também conta com um sistema de seleção facilitada dos equipamentos através da nomenclatura. Os modelos que tiverem as iniciais SV possuem levantamento vertical e os com iniciais SR realizam levantamento radial. A numeração, por sua vez, indica a capacidade de carga em libras – que varia de 590 kg a 1.360 kg – a exemplo do modelo SV200. A linha será equipada com motores de até 84 Hp de potência líquida, além de uma cabine fechada, vedada contra poeira e ruídos, e que é 25% maior em relação aos modelos anteriores. Os equipamentos também contarão com um sistema de acoplamento rápido de ferramentas, permitindo uma troca em até 30 segundos, comandada do interior da cabine. A venda de ferramentas e outras aplicações adicionais poderão ser adquiridas nos concessionários da Case Construction.