FECHAR
29 de abril de 2010
Voltar
Lançamentos

As novidades apresentadas pelos expositores

Veja, a seguir, alguns lançamentos apresentados pelos expositores da M&T Expo 2009

VOLVO

Atenta à expansão no volume de obras de dutos, que devem totalizar mais de 200 mil km nos próximos quatro anos em todo o mundo, a Volvo Construction Equipment lançou em âmbito global dois modelos de assentadores de tubos (pipelayers). O PL4608 e PL4611, com capacidade para o içamento de 80 t e 110 t de carga, respectivamente, foram apresentados simultaneamente ao mercado brasileiro, durante a M&T Expo 2009, como uma alternativa ao uso de side booms, que são adaptados sobre tratores de esteiras.

Como os pipelayers são desenvolvidos a partir de escavadeiras hidráulicas, suas esteiras ocupam uma área maior que a dos side booms, ampliando a estabilidade e segurança nas operações de içamento. Outro diferencial é que realizam giros de 360º, como as escavadeiras, aumentando a produtividade na movimentação de cargas e assentamento dos tramos de dutos. Além disso, eles são autodesmontáveis e, sem o auxílio de outro equipamento, removem seus componentes hidraulicamente (contrapesos, esteira etc.) em 20 minutos, permitindo o embarque de todo o equipamento numa carreta.

Os equipamentos podem ser convertidos em escavadeiras, com a simples troca da lança, e contam com sistema de gerenciamento de carga, que informa o operador sobre eventuais sobrecargas e trava a operação nessas condições.

CATERPILLAR

A empresa lançou a nova série K de motoniveladoras da marca, que substitui os modelos da versão anterior (série H) com um aumento de torque de 8% a 40%, dependendo da aplicação. Oferecidas em quatro modelos (120K, 12K, 140K e 160K), que cobrem a faixa operacional de 12 t a 15 t, com potências entre 125/145 hp e 185/205 hp, respectivamente, elas incorporam um sistema de gerenciamento de potência como uma das principais inovações.

O sistema permite oferecer uma potência adicional de 10 hp na terceira e quarta marcha, possibilitando a movimentação de mais carga na lâmina durante as reduções de marcha. Além disso, a fabricante destaca o ganho proporcionado pela tecnologia em termos de maior produtividade, redução no consumo de combustível, de pneus e das patinagens em operações severas.

Entre outras características, elas contam com comando eletrônico do acelerador, responsável por maior precisão na operação, e com o sistema de controle eletrônico da pressão (ECPC), que oferece uma modulação otimizada e possibilita maior suavidade nas trocas de marchas e mudanças de direção.


VOLVO

Atenta à expansão no volume de obras de dutos, que devem totalizar mais de 200 mil km nos próximos quatro anos em todo o mundo, a Volvo Construction Equipment lançou em âmbito global dois modelos de assentadores de tubos (pipelayers). O PL4608 e PL4611, com capacidade para o içamento de 80 t e 110 t de carga, respectivamente, foram apresentados simultaneamente ao mercado brasileiro, durante a M&T Expo 2009, como uma alternativa ao uso de side booms, que são adaptados sobre tratores de esteiras.

Como os pipelayers são desenvolvidos a partir de escavadeiras hidráulicas, suas esteiras ocupam uma área maior que a dos side booms, ampliando a estabilidade e segurança nas operações de içamento. Outro diferencial é que realizam giros de 360º, como as escavadeiras, aumentando a produtividade na movimentação de cargas e assentamento dos tramos de dutos. Além disso, eles são autodesmontáveis e, sem o auxílio de outro equipamento, removem seus componentes hidraulicamente (contrapesos, esteira etc.) em 20 minutos, permitindo o embarque de todo o equipamento numa carreta.

Os equipamentos podem ser convertidos em escavadeiras, com a simples troca da lança, e contam com sistema de gerenciamento de carga, que informa o operador sobre eventuais sobrecargas e trava a operação nessas condições.

CATERPILLAR

A empresa lançou a nova série K de motoniveladoras da marca, que substitui os modelos da versão anterior (série H) com um aumento de torque de 8% a 40%, dependendo da aplicação. Oferecidas em quatro modelos (120K, 12K, 140K e 160K), que cobrem a faixa operacional de 12 t a 15 t, com potências entre 125/145 hp e 185/205 hp, respectivamente, elas incorporam um sistema de gerenciamento de potência como uma das principais inovações.

O sistema permite oferecer uma potência adicional de 10 hp na terceira e quarta marcha, possibilitando a movimentação de mais carga na lâmina durante as reduções de marcha. Além disso, a fabricante destaca o ganho proporcionado pela tecnologia em termos de maior produtividade, redução no consumo de combustível, de pneus e das patinagens em operações severas.

Entre outras características, elas contam com comando eletrônico do acelerador, responsável por maior precisão na operação, e com o sistema de controle eletrônico da pressão (ECPC), que oferece uma modulação otimizada e possibilita maior suavidade nas trocas de marchas e mudanças de direção.

TEREX

A dimensão da importância da M&T Expo 2009 para a Terex Latin America pode ser dada pelos investimentos da fabricante no evento, para o qual ela trouxe alguns dos principais executivos de sua matriz norte-americana e clientes de vários países da América Latina. No estande da empresa, o presidente mundial da Terex Corporation, Tom Riordan, e o diretor para mercados em desenvolvimento,
Steve Filipov, receberam clientes do Brasil, Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Peru, Venezuela e de demais países.

Os mercados emergentes respondem por 32% do faturamento do grupo e a previsão é que essa participação cresça para 50% nos próximos 10 anos. “Temos levado tecnologia de ponta para esses países”, diz Filipov. Como exemplo, ele cita o México, onde a empresa contabiliza a venda de mais de 40 usinas de asfalto da série Magnum, fabricadas no Brasil. Nessa área, aliás, a empresa lançou o WMA Foam, um implemento para usinas de asfalto que usa espuma na produção da massa e permite que ela seja processada e compactada em temperaturas mais baixas. A empresa também apresentou novas fresadoras e vibroacabadoras, além dos lançamentos de guindastes e equipamentos da linha da Genie.

CASE CONSTRUCTION

Dos 22 modelos de equipamentos comercializados pela empresa no Brasil, 15 marcaram presença em seu estande na M&T Expo 2009, dos quais três eram lançamentos: a motoniveladora 865, a escavadeira hidráulica CX240B e a linha de empilhadeiras 588G. A 865 é uma motoniveladora de 170 hp e foi introduzida no país juntamente com a 885, de 212 hp, para aplicações que demandam maior produção na terraplenagem.

A empresa também apresentou a nova versão da pá carregadeira W20, com cabine fechada e ar condicionado, além do sistema PRO-Control, que confere maior suavidade à movimentação do braço da retroescavadeira 580M. “O Brasil tem sido, tradicionalmente, o principal mercado para nossa empresa na América Latina, motivo pelo qual investimos na oferta da maior diversidade possível de equipamentos no país”, diz Jim McCullough, presidente mundial da Case, que compareceu à M&T Expo para receber os clientes em seu estande.

Uma das principais novidades da fabricante, entretanto, foi o enfoque à área de serviços. Dentro do programa denominado “Oficina Case”, ela preparou sua rede de distribuidoras para o suporte aos clientes em assitência técnica, como a oferta de serviços de análise de óleo, por exemplo. Além disso, o diretor comercial Roque Reis anunciou a inauguração do centro de distribuição de Sorocaba, prevista para setembro próximo, que vai operar dentro do conceito de “classe mundial” no atendimento aos clientes. “Trata-se de uma instalação de 40 mil m², que em 98% dos casos vai possibilitar a disponibilidade de peças num prazo máximo de três dias”, ele promete.

BOMAG

Os rolos compactadores vibratórios da Bomag com cilindro poligonal não podem ser considerados um lançamento da empresa, mas, devido a sua elevada capacidade de compactação, figuraram entre as principais atrações em seu estande. “Mais de 70% do nosso tempo durante a feira foi consumido no atendimento a clientes interessados nesses equipamentos”, disse Rogério Nascimento, gerente comercial da Bomag para a América do Sul. Segundo ele, os modelos já operam em grandes obras de infraestrutura no Brasil, como a construção da hidrelétrica de Simplício (RJ) e do trecho sul do Rodoanel Mário Covas (SP).

Durante a feira, a empresa lançou o compactador de pneus BW25RH, que pode ser adquirido por meio de sua distribuidora Brasif Máquinas. Nascimento ressalta que o equipamento opera em velocidades superiores a 20 km por hora e, devido a seu sistema de transmissão hidrostárica com tração hidráulica diretamente nos eixos traseiros – sem o acionamento convencional com redutores mecânicos nas rodas – proporciona melhor acabamento à pista compactada.

JCB

A nova retroescavadeira 3C brilhou no estande da empresa, onde, aliás, as retros se converteram em principal atração por conta dos balés de máquinas realizados a cada hora. Com novo design, o modelo se destaca pelo capô integral inclinado, pelo eixo traseiro com bloqueio automático e sua caçamba “seis em um” para a realização de múltiplas tarefas. Além disso, ele pode ser adquirido com motor turbo de 92 hp ou aspirado de 79 hp. “Trata-se de um equipamento silencioso e com comandos que exigem baixo esforço por parte do operador, possibilitando maior conforto e produção em tarefas severas”, diz Sidney Matos, diretor geral da JCB.

O executivo destaca ainda o crescimento da empresa no mercado brasileiro, impulsionado pelos lançamentos que aumentaram sua linha de equipamentos para 10 modelos, entre retroescavadeiras, escavadeiras hidráulicas, pás carregadeiras, manipulador telescópico e outros. “Além de oferecermos mais produtos, investimos no atendimento aos clientes com a expansão da rede de distribuidores.”

SANY

A empresa apresentou toda a sua linha oferecida no mercado brasileiro, desde os equipamentos de concreto e para içamento de cargas até as escavadeiras hidráulicas, rolos compactadores e outros. Um dos destaques foi a linha de guindastes, com capacidade de até 220 t de carga, que podem ser adquiridos com sistema eletrônico de gerenciamento da operação. Segundo Zhao Hui, diretor de promoções da empresa, eles contam com um sistema global de serviços que permite localizar e encomendar suas peças de reposição em qualquer lugar do mundo. “Também vêm com sistema hidráulico regulável, tecnologia que ajudou a impulsionar a venda de 25 unidades desta máquina no primeiro semestre deste ano no Brasil”, diz o executivo.

Na área de concreto, a empresa apresentou a série de bombas rebocáveis de alta pressão. O sistema utiliza dois motores a diesel para mover dois grupos de bombas que trabalham em paralelo. Assim, durante o processo de bombeamento, a produção pode chegar a até 95 m³ em baixa pressão nas tubulações, quando transportando concreto de 18 MPa, por exemplo. “A linha toda contempla modelos com capacidade de bombeamento de até 120 m³ em baixa pressão, chegando a alturas de 492 m”, diz Hui.

MANITOWOC

Montado sobre chassi de caminhão Scania, o guindaste modelo 1800 foi apresentado pela empresa como o maior da sua linha National Crane. Com 36,3 t de capacidade de carga e lança com alcance de até 53,6 m, ele vem se somar aos modelos truck crane (TC) de 30 t que a empresa já oferece no Brasil. Entre outras características, o equipamento conta com patola em formato H, que confere maior estabilidade a operações que exigem maiores extensões de lança para a movimentação da carga.

Na linha de guindastes de torre da marca Potain, os destaques da empresa foram os modelos Igor 36 e Mci 85A. O primeiro se caracteriza pela pequena área ocupada pela sua base – 4x4 m – o que o torna ideal para operações urbanas ou em canteiros com espaço limitado, enquanto o MCi 85A conta com uma capacidade de içamento de 5 t, em raios de até 16,4 m.

XCMG / SHANTUI

Um dos destaques da XCMG foi o rolo vibratório XS- 120CE, com 12 t de peso e que opera em faixas de até 2.130 mm de largura. Trata-se de um rolo de um cilindro, equipado com motor Cummins de 130 hp (a 2.500 rpm) de potência e com sistema vibratório dotado de tecnologia anti-hidráulica, que proporciona redução de impacto e controle de resistência para a maior confiabilidade na operação. Indicado para a compactação de bases e sub-bases em serviços de pavimentação, ele pode ser adquirido com cilindro liso, ou em versões opcionais com pé-de-carneiro ou chanfrado.

A fabricante participou da M&T Expo 2009 em parceria com seu distribuidor no país, a Brasil Máquinas de Construção (BMC), que montou outro estande na feira para apresentar a linha de tratores de esteiras da também chinesa Shantui, com modelos de 17 t a 37 t de peso operacional. A BMC marcou presença ainda no evento com os equipamentos de concretagem da chinesa Zoomlion e com as linhas de escavadeiras, pás carregadeiras e máquinas compactas da Hyundai.

BERCAM

A empresa apresentou na feira os britadores cônicos hidráulicos modelos 34SBS(200 hp), 44SBS(300 hp), 52SBS(400 hp) e 57SBS(500 hp), que são fabricados no Brasil sob licença da norte-americana Telsmith, para atender capacidade de produção entre 100 t/h e 950 t/h. Segundo Fernando de Camargo, gerente comercial da Bercam, os equipamentos contam com sistema anti-spin (anti-giro) e são dotados de sistema rotativo de ajuste dinâmico, que permite sua regulagem mesmo com o britador em operação ou com carga durante a regulagem. “Eles também possuem dispositivo de controle automático, sistema de alívio hidráulico e travamento externo, possibilitando fácil acesso para a sua manutenção”, afirma.

Camargo diz que M&T Expo 2009 superou as expectativas com relação ao número de visitantes registrados em seu estande e em negócios entabulados durante a feira. “Em 2009, projetamos um crescimento de aproximadamente 15% no faturamento, mesma média que alcançamos nos últimos dois anos.” Para isso, a empresa está investindo na ampliação da fábrica de Piracicaba (SP), com o objetivo de aumentar a capacidade de produção da linha de equipamentos Telsmith.

LIUGONG

Uma linha diversificada, composta por pás carregadeiras, escavadeiras hidráulicas, retroescavadeiras, motoniveladoras e minicarregadeiras, entre outros modelos, pode ser observada por quem visitou o estande da empresa na M&T Expo 2009. A escavadeira 922LC, por exemplo, de 22 t de peso, foi apresentada como uma solução para a maior produtividade em serviços de escavação e carregamento. Ela opera com caçambas de 0,73 a 1 m³ de capacidade e é equipada com motor Cummins de 108 kW de potência (a 2.100 rpm), que oferece um torque de 597 Nm.

Essa, aliás, é uma característica comum aos equipamentos da marca, que são equipados com componentes de classe mundial, disponíveis nos mercados globalizados. É o caso da motoniveladora CLG418H, que também conta com motor Cummins, nesse caso com potência de 147 kW (a 2.300) e torque de 701 kW (a 1.400 rpm), e sistema de transmissão da ZF.

Durante a feira, a empresa também lançou a retroescavadeira 766 (71kW), bem como a minicarregadeira 365ª e apresentou três modelos de pás carregadeiras: a 816, 835 e 856. A maior delas tem 17 t de peso operacional e opera com caçamba de 3 m³, atingindo uma altura de despejo de 5,243 m e força de rompimento de 158 kN.

LUNA

Com duas unidades vendidas para a Marinha brasileira, o guindaste LN 165TM figurou entre os lançamentos realizados pela Luna ALG – América Latina Guindastes. “Trata-se do único equipamento totalmente fora-de-estrada fabricado no Brasil da linha da espanhola Luna”, afirma Gilberto Dal Zotto, diretor de marketing da empresa. Segundo ele, o equipamento se caracteriza por contar com tração e direção nos dois eixos, que permitem seu deslocamento em movimentos do tipo “caranguejo”.

Outro destaque da empresa foi o guindaste articulado LN 57507, com capacidade para o içamento de até 57 t de carga. Ele é dotado de sistema tipo trave (quando todos os segmentos da lança estão dobrados, ele se assemelha realmente a uma trave de campo de futebol), tecnologia que a Luna classifica como mais resistente. Com isso, o guindaste suporta maior carga graças à compensação com o peso do equipamento. “Vendemos mais de 22 unidades durante a feira e prevemos um bom mercado para esse modelo no Brasil”, diz Dal Zotto.

BOSCH REXROTH

Em seu estande, a empresa apresentou o sistema hidráulico variável para acionamento do arrefecimento do motor, que encontra aplicação em ônibus e caminhões. Segundo Éderson Cherri, gerente da divisão de hidráulica móbil da companhia, ele incorpora ao motor diesel uma bomba hidráulica para acionamento do motor hidráulico acoplado ao ventilador do arrefecimento.

Ele diz que a aplicação de sistemas hidrostáticos em arrefecimento veicular apresenta diversas vantagens, como o fato de a temperatura do motor diesel se manter constante, o que atende às legislações atuais e futuras de emissões de poluentes. Além disso, a tecnologia reduz o consumo de combustível e flexibiliza a instalação do motor na parte traseira. “Ela dispensa manutenções e a rotação do ventilador passa a ser independente do motor diesel, o que representa mais segurança no caso de quebra de algum cabo”, afirma o especialista.

A linha de válvulas cartucho e miniunidades compactas, desenvolvidas especialmente para aplicações em guindastes, assim como a bomba de engrenagem tipo F, também foram apresentadas na M&T Expo. Com elas, o usuário de equipamentos pode optar por diferentes combinações entre flanges, eixos, válvulas incorporadas e múltiplas bombas.

ROMANELLI

Uma nova geração de usinas de micropavimento, dotada de sistemas de controle eletrônico, foi apresentada pela Romanelli como uma solução para a maior produtividade e redução de custos em obras de pavimentação. “O sistema possibilita um controle de vazão mais preciso, o que resulta em dosagens exatas, independentemente dos produtos aplicados na pista, desde o micropavimento até a lama asfáltica, tanto com emulsões convencionais quanto com as modificadas por polímeros”, afirma José Carlos Romanelli, diretor comercial da empresa.

O equipamento em questão, o UHR 700, tem reservatórios de água e de emulsão com capacidade de 2.800 l e são dotados de sistema de alívio de pressão, válvula de fundo de tanque com acionamento à distância, tampa de inspeção em alumínio, ladrão de resíduos e drenos para limpeza, entre outras características. Em seu estande, a empresa também apresentou a linha de multidistribuidores de agregados, com o lançamento do modelo MDR 20, com maior conteúdo de eletrônica embarcada e maior capacidade de produção.

SDLG

Durante a M&T Expo, a fabricante chinesa iniciou a atuação no Brasil em grande estilo, anunciando investimentos de US$ 10 milhões até o próximo ano e oferecendo financiamento de até 36 meses para os clientes. Ela estreou no país com uma rede de cinco distribuidoras já nomeadas para a realização das vendas e a oferta de assistência técnica aos clientes. No segundo semestre, os planos são de iniciar as atividades na Colômbia, Equador e Peru.

Controlada pela Volvo Construction, que detém 70% do seu capital, a empresa figura como a quinta maior produtora do mundo de pás carregadeiras e, naturalmente, optou por iniciar as operações no país com essa linha de equipamentos. Inicialmente, ela vai oferecer quatro modelos de carregadeiras – LG918, LG936, LG956 e LG958 – com o foco em clientes que demandam modelos com tecnologia mais simples, porém robustos e confiáveis.

As carregadeiras cobrem a faixa de 6,1 t a 17 t de peso operacional, com caçambas que vão de 1 m³ a 3 m³ e motorização entre 78 hp e 215 hp. O maior modelo da linha disponibilizada no Brasil conta com transmissão hidrodinâmica de contra-eixo com função que proporciona quatro marchas para a frente e três para trás. Segundo a empresa, seu braço levanta até 11 t à altura de 1,6 m e o tempo total de levantamento, descarga e abaixamento da lança é de 9,7 s, proporcionando ciclos rápidos à operação.

NOVAK GOUVEIA

Após concluir a inauguração de novas instalações em São Paulo, que ampliaram sua capacidade instalada em reparos de componentes de hidráulica móbil, a empresa compareceu à M&T Expo para apresentar tudo o que pode oferecer ao mercado em termos de peças e serviços. Além de atuar na distribuição e montagem de componentes das marcas Bosch Rexroth e Sauer-Danfoss, ela executa reparos em bombas hidráulicas para escavadeiras e em bombas injetoras de motores a diesel.

Segundo a empresa, os serviços se estendem a bombas injetoras nacionais, importadas e até mesmo a modelos fora de linha. Os serviços prestados incluem reparos em válvulas direcionais, manifolds, válvulas e pedais de freios e em bombas de engrenagem em geral. Além disso, a Novak Gouveia distribui componentes para equipamentos das marcas Caterpillar, Hyundai, JCB, Daewoo, Komatsu, Fiat Allis e Fiat Hitachi. “Divulgamos essas informações na M&T Expo e o retorno foi muito positivo”, afirma Sandro Ricardo Gouveia, sóciodiretor da empresa.

GASCOM

O comboio de lubrificação Prolub Press, tradicionalmente fornecido pela empresa, ganhou um novo modelo de carretéis retráteis nas linhas de abastecimento de lubrificantes, graxa, água e ar comprimido. Durante a feira, ela apresentou o sistema desenvolvido para facilitar a retração das mangueiras e reduzir suas manutenções, além de permitir que elas sejam desenroladas em comprimentos variados, de acordo com a necessidade do usuário.

Joel Ferreira Lima, gerente comercial da Gascom, explica que as mangueiras do comboio têm 15 m de comprimento e são dotadas de sistema de parada tipo fim de curso, confeccionado em borracha, que evita choques indesejáveis na sua retração. Os carreteis retráteis, por sua vez, contam com rolamentos de esfera para o menor atrito entre o rolete e o suporte de fixação. “Essas características dão maior eficiência ao serviço, já que os carretéis são muito solicitados nos abastecimentos realizados no campo”, ele afirma.

HAULOTTE

A presença da Haulotte na M&T Expo 2009 foi marcada pelo lançamento de três plataformas elevatórias, sendo duas com lança telescópica e uma do tipo pantográfica. O modelo H28TJ+, por exemplo, conta com haste pendular e alcança até 28 m de altura, operando com cargas máximas 350 Kg. “Ela suporta rampas com declives de até 40% e vem com eixo oscilante e chassi estreito, o que lhe dá a característica de ser a plataforma com a parte traseira mais curta do mercado”, diz Yolanda Espartosa, responsável pela área de marketing da empresa.

A outra plataforma telescópica lançada pela empresa foi a HA12CJ, indicada para aplicação em locais com obstáculos, que impedem a aproximação do equipamento ao local de trabalho. Ela permite operações com afastamento de até 4,1 m do local de trabalho e atinge uma altura máxima de 12 m. Yolanda ressalta ainda que o equipamento conta com motor elétrico, permitindo sua mobilização em áreas com restrição à emissão de ruídos e gases de combustão. A plataforma do tipo tesoura (pantográfica) lançada pela empresa foi a Compact 14, que atinge 14 m de altura e tem capacidade de carga de até 350 kg.

GETEFER

A linha de escarificadoras hidráulicas da Erkat foi apresentada no estande da empresa como uma alternativa ao uso de explosivos em obras de túneis e canalizações, realizando a fresagem de rochas e até mesmo concreto não armado. Usada como implemento de uma máquina hidráulica, ela está disponível em 10 modelos de 100 kg a 5.500 kg de peso, que atingem uma força de corte de 12 kN a 237 kN, respectivamente, a uma pressão hidráulica de 350 bar.

“O modelo ER1200-1, por exemplo, para uso em máquinas de 20 a 40 t, tem capacidade para fresar 8 m³/h, abrindo uma vala de 1,2 m de largura por 5 m de profundidade, mesmo em solo rochoso”, diz José Luiz Trottenberg, diretor da distribuidora Getefer. Segundo ele, o sistema modular do equipamento, que permite mover os dentes da cabeça de corte, possibilita sua adaptação a diferentes condições de obras. Entre as possibilidades, ela pode atuar na fresagem de paredes de túneis e até mesmo em obras subaquáticas.