FECHAR
FECHAR
29 de abril de 2010
Voltar
Lançamentos

As novidades apresentadas pelos expositores

Veja, a seguir, alguns lançamentos apresentados pelos expositores da M&T Expo 2009

VOLVO

Atenta à expansão no volume de obras de dutos, que devem totalizar mais de 200 mil km nos próximos quatro anos em todo o mundo, a Volvo Construction Equipment lançou em âmbito global dois modelos de assentadores de tubos (pipelayers). O PL4608 e PL4611, com capacidade para o içamento de 80 t e 110 t de carga, respectivamente, foram apresentados simultaneamente ao mercado brasileiro, durante a M&T Expo 2009, como uma alternativa ao uso de side booms, que são adaptados sobre tratores de esteiras.

Como os pipelayers são desenvolvidos a partir de escavadeiras hidráulicas, suas esteiras ocupam uma área maior que a dos side booms, ampliando a estabilidade e segurança nas operações de içamento. Outro diferencial é que realizam giros de 360º, como as escavadeiras, aumentando a produtividade na movimentação de cargas e assentamento dos tramos de dutos. Além disso, eles são autodesmontáveis e, sem o auxílio de outro equipamento, removem seus componentes hidraulicamente (contrapesos, esteira etc.) em 20 minutos, permitindo o embarque de todo o equipamento numa carreta.

Os equipamentos podem ser convertidos em escavadeiras, com a simples troca da lança, e contam com sistema de gerenciamento de carga, que informa o operador sobre eventuais sobrecargas e trava a operação nessas condições.

CATERPILLAR

A empresa lançou a nova série K de motoniveladoras da marca, que substitui os modelos da versão anterior (série H) com um aumento de torque de 8% a 40%, dependendo da aplicação. Oferecidas em quatro modelos (120K, 12K, 140K e 160K), que cobrem a faixa operacional de 12 t a 15 t, com potências entre 125/145 hp e 185/205 hp, respectivamente, elas incorporam um sistema de gerenciamento de potência como uma das principais inovações.

O sistema permite oferecer uma potência adicional de 10 hp na terceira e quarta marcha, possibilitando a movimentação de mais carga na lâmina durante as reduções de marcha. Além disso, a fabricante destaca o ganho proporcionado pela tecnologia em termos de maior produtividade, redução no consumo de combustível, de pneus e das patinagens em operações severas.

Entre outras características, elas contam com comando eletrônico do acelerador, responsável por maior precisão na operação, e com o sistema de controle eletrônico da pressão (ECPC), que oferece uma modulação otimizada e possibilita maior suavidade nas trocas de marchas e mudanças de direção.

TEREX