FECHAR
FECHAR
07 de março de 2019
Voltar
Manipuladores / A marca da versatilidade

O agronegócio é o segmento de maior penetração da família no país

Também para Ricardo Nery, gerente de produto para manipuladores da JCB do Brasil, a manipulação de big bags já se tornou uma tarefa vocacional para os manipuladores que atuam no setor agropecuário. Isso porque, nessa aplicação, como ressalta o especialista, esses equipamentos apresentam vantagens relevantes, comparativamente a opções mais tradicionais como as empilhadeiras. “Com o uso de manipuladores há quem consiga até nove linhas de empilhamento de big bags, enquanto com uma empilhadeira é possível fazer apenas duas ou três linhas”, exemplifica.

Já na pecuária, prossegue Nery, aos poucos vem se consolidando um implemento denominado clamp – grosso modo, uma grande pinça –, que permite o transporte da silagem do gado previamente embalada em filmes plásticos. “Também temos caçambas que, com a silagem já desembalada, permitem misturar e/ou esparramar a ração para que o gado se alimente”, acrescenta o profissional da JCB.

Soluções para operações espaciais é a aposta da Fuchs

POSSIBILIDADES

Na construção, por sua vez, as caçambas e garfos para paletes tradicionalmente constituem os implementos mais acoplados aos manipuladores. Nesse setor, todavia, também há a possibilidade de se utilizar inúmeros outros implementos, como marteletes, perfuratrizes e até mesmo pequenos misturadores de concretos.

Nas obras, esses implementos capacitam os equipamentos a suportar diversas aplicações, além da movimentação de materiais e ferramentas que caracterizava a solução em sua origem. Isso inclui perfurações, preenchimento com concreto, montagem de estruturas, instalação de contenção em túneis e acabamento de fachadas, dentre várias outras.

Também na mineração os manipuladores têm aplicações diversificadas, que incluem desde a movimentação de pneus de várias toneladas até a manutenção de túneis nos quais plataformas de trabalho aéreo (PTA) enfrentam mais dificuldades para trafegar. De acordo com Bracco, “os manipuladores para mineração são de alta capacidade”.

Além dessas áreas, a versatilidade dos manipuladores abrange ainda a movimentação de cargas em espaços como portos, aeroportos, galpões logísticos e industriais, tarefas mais comumente realizada com garfos para paletes e guinchos. Aliás, uma opção interessante para esses ambientes fechados ou com movimentação restrita é o manipulador rotativo, cuja cabina e lança podem girar 360 graus. “Recentemente, lançamos um manipulador rotativo com cesto”, ressalta Bracco.