FECHAR
FECHAR
25 de maio de 2018
Voltar
Lançamento

A entrada de um gigante

Herdeiro de uma tradição de inovação, o primeiro caminhão OTR rígido da Volvo CE chega ao mercado com a promessa de estabelecer novos padrões de produtividade, resistência e segurança
Por Marcelo Januário, de Motherwell

Reunindo um grupo de jornalistas especializados e potenciais clientes, a Volvo CE revelou na Escócia sua mais nova aposta para o segmento de mineração de superfície e pedreiras. Com o lançamento do modelo R100E – ademais herdeiro de uma tradição industrial de 84 anos – a empresa ingressa em um novo segmento e, de quebra, ajusta o foco do portfólio para mercados emergentes como o Brasil. “A nova linha é uma importante adição não só por completar o portfólio, como ainda por marcar uma nova era para a história da Volvo nesses importantes mercados”, comemorou o presidente da Volvo CE, Melker Jernberg, que vê uma recuperação quase geral do mercado minerário em todo o mundo.

Carro-chefe das novas séries E e D de caminhões rígidos da Volvo CE, o R100E faz sua estreia oficial no Brasil durante a M&T Expo, em junho. Com capacidade de 95 toneladas, o caminhão é o primeiro produto apresentado após a aquisição da Terex Trucks há quatro anos, mas a linha também inclui os modelos R45D, R60D e R70D, que serão lançados gradativamente nos próximos anos. Todos serão produzidos em Motherwell, tendo por base tecnológica a série Terex TR, que agora deve ser descontinuada. “O reconhecido design dos caminhões rígidos da Terex Trucks forneceu um forte DNA para a nossa entrada nesta linha de produtos”, reconheceu Paul Douglas, vice-presidente de caminhões rígidos da Volvo CE e diretor-executivo da Terex Trucks.

Pioneiro da nova plataforma de produtos, o R100E foi apresentado como uma máquina totalmente nova, aprimorada com a inserção de tecnologias inteligentes de monitoramento e segurança, mas que também promete entregar uma melhor relação de peso-potência, eficiência hidráulica e capacidade operacional ampliada, com simplicidade na operação e manutenção. “Fatores como alto desempenho, visibilidade, estabilidade, durabilidade e conforto são as marcas deste equipamento, que passou por uma reengenharia profunda para se adequar aos nossos padrões de qualidade”, acrescentou Douglas.

ESTRUTURA

Equipado com motor Cummins QST30 Tier 2 de 783 kW – fabricado em Indiana, nos EUA – e transmissão Alisson H8610-ORS, o R100E traz nova caçamba de 60,4 m³, feita em aço de 400 HBW e com formato em V. Os cilindros de dois estágios prometem maior eficiência no sistema de basculamento e, consequentemente, ciclos mais rápidos de operação.

Com linhas limpas e design arrojado, o caminhão tem 99% de sua estrutura e 50% do chassi produzidos internamente, em um processo de fabricação e montagem de mais de 250 horas por unidade, incluindo um programa intensivo de testes antes de sair da fábrica. “Montado com soldagem ultrassônica, o chassi em chapa Hardox 400 foi projetado para suportar tensões estruturais extremas, com os impactos da carga distribuídos de forma uniforme pelas rodas”, explicou o gerente de produto da Volvo CE, Jim Moffat.

Produção editorial: Revista M&T – Desenvolvido e atualizado por Diagrama Marketing Editoral