FECHAR
FECHAR
12 de julho de 2010
Voltar
Empresa

A aposta da Brasif nos guindastes Zoomlion

Distribuidora monta estrutura de suporte aos clientes com o objetivo de conquistar 15% do mercado de guindastes de até 90 t de capacidade

Poucos meses após iniciar a distribuição dos guindastes móveis da chinesa Zoomlion nos estados de São Paulo, Minas Gerais e Espírito Santo, a Brasif Máquinas tem motivos de sobra para comemorar os resultados dessa nova empreitada. “Nossa meta era comercializar 100 unidades no primeiro ano, mas percebemos que ela será facilmente superada”, afirma Sérgio Borges Martins, diretor da Brasif. Ele atribui esse desempenho à qualidade do equipamento, bem como à estrutura de uma distribuidora com penetração no mercado e preparada para prestar suporte aos clientes em peças e assistência técnica.

Martins reconhece que, como dealer de uma marca chinesa, tem a missão de reverter um conceito estabelecido no mercado em relação à qualidade dos produtos asiáticos. Além disso, vale destacar que a Zoomlion chegou ao País com certo atraso em relação a seus concorrentes chineses do mesmo porte, que já conquistaram posições no mercado brasileiro. Mas ele se mostra confiante. “Como prova de que os equipamentos são bons, os clientes que adquiriram a primeira unidade já entraram com novos pedidos.” O desempenho também se deve, segundo o executivo, ao apoio oferecido pela fabricante.

Além de cumprir a programação de entrega dos equipamentos, a Zoomlion está montando um estrutura no Brasil composta por técnicos e engenheiros para apoio aos  distribuidores. “Investimos na formação de um estoque de peças de reposição, no qual a fábrica entrou com um terço do volume necessário.” Martins cita ainda o envio de técnicos da distribuidora para treinamento na fábrica da empresa, na China, bem como a vinda de profissionais da Zoomlion para o mesmo propósito.

Apesar dessa preocupação, ele ressalta que os guindastes da empresa se caracterizam pelo uso de componentes de marcas globais, como o motor, sistema hidráulico e outros, o que proporciona confiabilidade ao equipamentos e a garantia de que o usuário terá peças de reposição. “Eles proporcionam muita competitividade ao locador, tanto em projetos que exigem a mobilização do equipamento por curto período de tempo, como nas obras de grande porte, onde podem ser usados para a montagem dos guindastes maiores, sobre esteiras.”

Nesse ponto, aliás, o executivo explica que não há contradição no fato de a Brasif atuar na distribuição de guindastes da Zoomlion e da Terex. “As linhas não são concorrentes no Brasil e sim complementares, pois enquanto os equipamentos da Zoomlion cobrem a faixa de até 90 t de capacidade de carga, a Terex compete na faixa dos guindastes de maior porte, acima de 200 t e do tipo todo-terreno.”