FECHAR
FECHAR
Voltar

Painel

Revista M&T Edição 132 - 01/2010

O barato que sai caro

O desabafo vem de um profissional experiente do setor. “Ou o mercado estabelece parâmetros para a importação de equipamentos ou os usuários brasileiros continuarão sendo lesados na busca do mais barato”, diz Jair Callegari, da BSF, especializada em serviços de montagem e manutenção de guindastes de torre. Segundo ele, a empresa atendeu uma construtora que havia acabado de importar um equipamento da China. “A coroa de giro, que é um dos principais componentes da máquina e suporta os maiores esforços, estava trincada, sem contar a péssima qualidade das engrenagens. Em resumo, gastamos 600 kg de solda na recuperação de um guindaste novo”, ele conclui.

08/04/2010
08/04/2010
08/04/2010